Organização é fundamental!

Oi, gente!

A conversa de hoje é um pouco diferente do que de costume. Mudança de rotina, de horários, de casa, de vida, me ajudaram em certa forma, mas tudo isso me desestabilizou em outro ponto. A organização.

Quando você muda somente um dos aspectos da sua vida você se adequa, mas ainda assim leva um tempo. Às vezes quando mudamos somente uma parte da nossa rotina ou um dos aspectos, em  uma semana ou duas, ou um mês, dá para se considerar adaptado. Mas e quando você muda tudo? Trabalho, horários, endereço…? Quando digo tudo, é tudo mesmo! Mais do que precisar, acho que é obrigatório que a gente pare, respire e tente colocar tudo no lugar. Organização é a chave para que a gente dê conta de tudo o que é necessário para nossa (nova) rotina fluir da melhor maneira possível.

Já deu pra perceber sobre o que é o papo de hoje, não é mesmo?

Bom, organização é algo bem pessoal e, honestamente, pode ser que o meu jeito de me organizar não se encaixe em nada com seu perfil, mas é bom compartilhar porque às vezes precisamos de uma luz. Talvez minhas dicas não se encaixem 100% pra você, mas com uma adaptadinha aqui e outra ali, a gente consegue se achar!

Algumas coisinhas que eu faço para que, mesmo que tudo mude, não sejam esquecidas coisas básicas, que, acreditem, são as mais fáceis de serem esquecidas.

♠ Calendário

Meu primeiro aliado. Gosto muito de ter uma visão panorâmica do mês, screenshot_20161207-094530assim fica mais fácil trabalhar um planejamento quando se tem um objetivo a ser cumprido. E não sei se por obsessão ou o que, riscar os dias que já se passaram é, para mim, um ritual.

Por muito tempo, eu era a pessoa mais adepta ao calendário de papel, mas com o passar do tempo precisamos dar o braço à torcer à modernidade – que coisa mais de velha! – e então comecei a utilizar muito o Google Calendar,e não abandonei o ritual da eliminação, porque tenho duas agendas: coisas a fazer e coisas feitas, assim, mudando de cor fica fácil visualizar e não abandono meu hábito como um todo. E esse sim, hoje é meu melhor amigo!

♠  Listas

Bom, eu sou a maníaca das listas. Por mais que não as siga – muitas vezes! -, eu acho que o ato de listar é mais pra me dar um susto mesmo do que qualquer outra coisa. Quando você começa a listar as pendências consegue vislumbrar o quanto está empurrando a vida com a barriga e as tarefas, e até mesmo mensurar como e quando vai conseguir estar um pouco menos enrolado.

♠ Bloquinhos de anotação auto-adesivos ou POST-IT

(faço merchan gratuito mesmo!!!)

O abençoado que inventou o post-it é dono do meu coração. O que seria de mim sem isso? Para mini-screenshot_20161207-094712lembretes, para comentários durante as leituras – sem rabiscar os livros! – e para você conseguir ter aquela sensação de dever cumprido a cada post-it de itens “a fazer” removido. É o equivalente a lavar a alma. Eu simplesmente adoro colocar os post-it na parede da escrivaninha, bem a minha frente e conforme vou eliminando a tarefa o pequeno lembrete também é eliminado – mais um ritural da organização desse ser humaninho que vos fala. É simplesmente libertador! Costumo  utilizar a técnica para as tarefas mais importantes ou “agrupando” tarefas. Resumindo: as listas são mais discriminadas e os post-it agrupam essas tarefas.

Basicamente, fazer essas coisas me ajudam a me organizar, não adiar tarefas e tentar colocar a vida em ordem. O mais importante, ajudam a não esquecer o que deve ser feito. E se, ainda assim você não consegue organizar as tarefas e fazê-las ou então deixa pra depois, apresento-lhes o significado da palavra procrastinação. (risos)

É até bem repetitivo esse meu método de organização, mas acho que é até por isso que as coisas acabam martelando em minha cabeça, daí eu paro de deixar para depois ou não esqueço mesmo o que deve ser feito.

E porque eu falei tudo isso? A organização é importante e mais do que a sensação de dever cumprido, ela nos presenteia com uma outra coisa: o tempo.

Sobre aproveitar o tempo eu falo outro dia com vocês, mas por enquanto vamos nos organizar para sobrar mais dessa controvérsia que é o tempo, para nossos bate-papos. Enquanto isso, me contem se aplicarem alguma dessas dicas no dia-a-dia ou então se tem algum outro método para que eu possa testar.

Até a próxima.

*.*

Comentários

Comentários

No Comments