Will & Will, de John Green e David Levithan





Uma parceria entre John Green e David Levithan….bom, vamos la!

John Green, já conhecia e tinha gostado muito – e desgostado muito também – de suas obras, o David, eu honestamente ainda não conhecia. 
Não entendi muito bem porque, por ser uma parceria, existe um distanciamento bem grande no que cada autor escreve e torna nítido qual personagem pertence a cada um, tanto que caberia perfeitamente um livro separado sobre cada Will Grayson, sem problema algum, narrando lados opostos da vida de Tiny Cooper – ponto em comum, além do nome, entre os dois Will Grayson. 

Uma narrativa agradável e fácil, que discorre sobre o dia a dia e dilemas de dois adolescentes, que por acaso do destino, se encontram e partilham então, o nome Will Grayson e o grande Tiny Cooper. Honestamente, acho que o desenrolar da narrativa se perde, deixando um pouco a desejar em não mostrar o real proposito da historia. Acho também que o personagem – não tão coadjuvante assim – de Tiny acaba por mostrar um pouco do que talvez tenha sido o eixo principal da obra: o amor e suas formas certas e não tão certas assim. 



Sinopse
Em uma noite fria, em uma improvável esquina numa rua de Chicago, Will Grayson encontra… Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E aparentemente, só isso os une. Um Will e amigo do mais expansivo gay de sua escola. O outro precisa explicar a própria mãe sua orientação sexual.
Mas, mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em uma aventura de proporções épicas

Comentários

Comentários

No Comments